Publicidade

Estado de Minas

Presidência de Trump aponta 'declínio político' dos EUA, diz Irã


postado em 04/06/2019 15:31

O guia supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, declarou nesta terça-feira (4) que a Presidência de Donald Trump é um sinal do "declínio político" dos Estados Unidos, em discurso por ocasião do 30º aniversário da morte do fundador da República Islâmica.

"O destino de mais de 300 milhões de seres humanos está nas mãos de uma pessoa com essas particularidades. É um sinal do declínio político da América", declarou Khamenei em discurso transmitido pela televisão estatal.

Desde ontem, o Irã celebra o 30º aniversário da morte do aiatolá Rouhollah Khomeini, que fundou a República Islâmica em 1979.

"Na própria América, há muita discussão sobre sua estabilidade mental e moral", acrescentou, falando direto do mausoléu dedicado a Khomeini, no sul de Teerã.

"Quando uma pessoa dessas é presidente de um país, isso mostra o declínio político e moral desse país", declarou o guia supremo iraniano.

Em maio de 2018, o governo Trump concretizou uma de suas promessas de campanha de se retirar unilateralmente do acordo nuclear internacional firmado em 2015. Desde então, Washington retomou as duras sanções econômicas contra o Irã.

As tensões se elevaram ainda mais, em 8 de abril, quando os EUA incluíram os Guardiães da Revolução em sua lista negra de "organizações terroristas estrangeiras".

Teerã rebateu, considerando "o regime dos Estados Unidos como um Estado patrocinador do terrorismo", e as forças americanas estacionadas no Oriente Médio, no Chifre da África e na Ásia Central, como "grupos terroristas".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade