Publicidade

Estado de Minas

Candidato do 'kirchnerismo' é internado na Argentina


postado em 04/06/2019 00:02

Alberto Fernández, candidato do kirchnerismo às eleições presidenciais de outubro, foi hospitalizado nesta segunda-feira, em Buenos Aires, com tosse persistente e será submetido a exames.

Fernández, um advogado de 60 anos, foi ao hospital Otamendi devido a uma tosse que já perdura por 15 dias, e os médicos propuseram interná-lo para exames completos, segundo o canal de televisão C5N.

O candidato, que terá como vice a ex-presidente Cristina Kirchner (2007-2015), revelou que há duas semanas sofre com uma tosse que o está "deixando louco"".

"Está tudo bem, isto faz parte dos exames para garantir que vai tudo em ordem. Não há nada que seja preocupante", disse Fernández, que acredita voltar à campanha na próxima quinta-feira.

Fernández assinalou que não fuma, mas admitiu que há algum tempo teve um coágulo no pulmão.

Fernández e Kirchner, do peronismo de esquerda, anunciaram há duas semanas sua chapa para as eleições presidenciais, que disputarão contra o atual presidente liberal, Mauricio Macri.

Kirchner, que é senadora, responde a uma dúzia de processos por casos de suposta corrupção durante seus dois mandatos presidenciais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade