Publicidade

Estado de Minas

Expulsões de guatemaltecos dos EUA subiram 15% em 2019


postado em 03/06/2019 16:07

As deportações de migrantes guatemaltecos dos Estados Unidos cresceram 15% nos primeiros cinco meses do ano, comparado com o mesmo período de 2018 - informou o Instituto Geral de Migração da Guatemala (IGM) nesta segunda-feira (3).

O aumento acontece em meio ao fluxo em massa de centro-americanos rumo aos EUA, fugindo da pobreza e da violência - êxodos que irritaram o presidente Donald Trump.

A porta-voz do IGM, Alejandra Mena, disse a jornalistas que, entre janeiro e maio passados, as autoridades migratórias dos Estados Unidos expulsaram 24.784 guatemaltecos, a maioria homens adultos, por via aérea. O número inclui 196 menores.

No mesmo período de 2018, foram deportados dos Estados Unidos 21.475 guatemaltecos.

Em todo ano passado, a Guatemala recebeu 51.376 cidadãos deportados dos Estados Unidos, uma quantidade superior aos 32.833 expulsos em 2017.

Cinco menores guatemaltecos morreram, desde dezembro passado, sob custódia da patrulha de fronteira americana.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade