Publicidade

Estado de Minas

Presidente turco, ausente da cúpula islâmica em Meca


postado em 31/05/2019 20:31

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, cujo país mantém frias relações com a Arábia Saudita desde o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi em Istambul, não estava presente na cúpula islâmica que começou neste sábado de madrugada em Meca, comprovou um fotógrafo da AFP.

A delegação da Turquia, um peso-pesado regional, foi representada por seu ministro das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, no encontro dos 57 membros da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI).

Esta teria sido a primeira visita de Erdogan ao reino desde o assassinato do jornalista saudita.

Jamal Khashoggi, que colaborava com o jornal The Washington Post, foi assassinado em outubro de 2018 no consulado de seu país em Istambul por agentes chegados de Riad. Seu assassinato gerou indignação em todo o mundo, e prejudicou a imagem do reino e de seu príncipe herdeiro, Mohamed bin Salman, que responsáveis turcos e americanos apontam como responsáveis.

As autoridades sauditas negam que o príncipe herdeiro estivesse implicado no assassinato, que Riad atribui a elementos "descontrolados" do regime.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade