Publicidade

Estado de Minas

Reservas iranianas de material nuclear estão dentro dos limites, diz AIEA


postado em 31/05/2019 13:25

As reservas iranianas de material nuclear aumentaram, mas se mantêm dentro dos limites estabelecidos pelo acordo com as grandes potências de 2015 - atesta o último relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), divulgado nesta sexta-feira (31).

Apesar do anúncio feito pelo Irã no início do mês, assegurando que não se sentia mais vinculado aos limites de urânio enriquecido e de água pesada fixados no acordo, as reservas de ambos os materiais se mantiveram dentro das metas estabelecidas, aponta o informe.

Em 26 de maio, o Irã registrava 125,2 toneladas de água pesada, um aumento de 0,4 tonelada desde fevereiro, mas ainda dentro do limite de 130 toneladas.

Na data de 20 de maio, sua reserva de urânio enriquecido era de 174,1 quilos, uma alta em relação aos 163,8 quilos contabilizados em fevereiro. Permanece, contudo, dentro do limite de 300 quilos.

O relatório aponta que "há discussões técnicas em curso" com o Irã em relação a aumentar para 33 centrifugadoras IR-6 instaladas, mas não especifica o conteúdo desses diálogos.

No início de maio, o Irã anunciou que deixava em suspenso alguns de seus compromissos do Plano de Ação Integral, um ano após a saída dos Estados Unidos desse acordo.

Teerã deu 60 dias de prazo às potências ocidentais para compensarem o impacto das novas sanções aplicadas pelos Estados Unidos.

O relatório da AIEA também confirma que o Irã não ter superado o nível de 3,67% de enriquecimento de urânio especificado no acordo de 2015.

Desde que o Irã fez sua ameaça no começo no começo do mês, não houve "mudanças" no nível de cooperação da AIEA, segundo um alto diplomata baseado em Viena, sede da organização.

Os EUA aumentaram sua presença militar no Oriente Médio em resposta às supostas ameaças da República Islâmica.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade