Publicidade

Estado de Minas

Dezenas de migrantes desembarcam em Malta e Lampedusa


postado em 30/05/2019 07:38

A marinha de Malta anunciou nesta quinta-feira que resgatou 75 migrantes no Mediterrâneo, enquanto outros 103 desembarcaram na quarta-feira à noite na ilha italiana de Lampedusa e uma lancha com 90 pessoas estava à deriva.

Os migrantes resgatados por Malta estavam agarrados a uma jaula metálica de pesca de atum em alto-mar, explicou a marinha.

De forma paralela, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) anunciou que duas embarcações, com 46 e 57 migrantes, chegaram à noite a Lampedusa, a ilha italiana mais próxima da costa líbia.

"Esgotados e congelados, eles haviam partido da Líbia há pelo menos três horas quando foram avistados por pescadores", afirmou o ACNUR em suas redes sociais.

Ao mesmo tempo, a associação alemã Watch the Med, que administra a linha de pedido de ajuda de emergência Alarm Phone, anunciou que está em contato regular desde quarta-feira com passageiros de uma embarcação à deriva.

De acordo com estes passageiros, 90 pessoas estão a bordo de uma lancha, incluindo 15 crianças.

Muitos navios militares que patrulharam a costa próxima da Líbia nos últimos anos se afastaram e os barcos humanitários enfrentam bloqueios judiciais e administrativos.

Mas centenas de pessoas continuam se arriscando no mar a cada semana, apesar das operações da Guarda Costeira líbia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade