Publicidade

Estado de Minas

EUA diz que Coreia do Norte viola resoluções do Conselho de Segurança da ONU


postado em 28/05/2019 19:14

O departamento americano de Estado declarou nesta terça-feira que o programa de armas de destruição em massa da Coreia do Norte violou resoluções das Nações Unidas, após o presidente Donald Trump minimizar a importância dos recentes testes de mísseis norte-coreanos.

"Creio que todo o programa de ADM da Coreia do Norte está em conflito com as resoluções do Conselho de Segurança da ONU", disse a porta-voz do departamento de Estado Morgan Ortagus sobre os testes de mísseis balísticos e armamentos de destruição em massa.

Ortagus destacou que os Estados Unidos buscam uma relação positiva entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, com o objetivo de "negociar um fim pacífico para o programa de ADM da Coreia do Norte".

"Dissemos muitas vezes e continuaremos reafirmando que as sanções econômicas serão mantidas até chegarmos a isto".

Ao chegar ao Japão para uma visita de Estado neste final de semana, Trump tuitou que a Coreia do Norte testou "algumas armas pequenas" que havia preocupado alguns, mas não ele.

Trump parecia se referir a seu assessor de Segurança Nacional, John Bolton, que no sábado declarou não haver dúvidas de que os testes de mísseis da Coreia do Norte violaram resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

A Coreia do Norte não tardou em atacar Bolton, que durante um longo tempo promoveu uma política externa agressiva, chamando o assessor de Segurança Nacional de "maníaco da guerra".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade