Publicidade

Estado de Minas

Israel anuncia ampliação de zona de pesca em Gaza


postado em 26/05/2019 11:53

Israel ampliou neste domingo a zona de pesca autorizada na costa da Faixa de Gaza, três dias depois de tê-la reduzido, com o objetivo de "impedir uma degradação das condições humanitárias" no enclave palestino sob bloqueio israelense, segundo o ministério da Defesa.

Na quarta-feira, o Estado hebreu reduziu a zona de pesca autorizada de 15 para 10 milhas náuticas, em resposta ao envio de balões incendiários para o seu território do enclave palestino.

O Cogat, o órgão israelense responsável pelas operações civis nos Territórios Palestinos, informou em comunicado neste domingo que restabeleceu o limite de 15 milhas náuticas.

Essa distância ainda é menor que as 20 milhas náuticas acordadas no âmbito dos acordos de Oslo, nos anos 90.

Esta medida visa, segundo o Cogat, "evitar a degradação das condições humanitárias na Faixa de Gaza" e é "consistente com a política de distinção entre terroristas e população".

Desde março de 2018, a Faixa de Gaza é palco de protestos semanais, muitas vezes acompanhados de violência, ao longo da fronteira com Israel.

Os palestinos exigem especialmente o levantamento do estrito bloqueio israelense imposto por mais de dez anos ao enclave.


Publicidade