Publicidade

Estado de Minas

Comunicado do Business Wire :ResMed


postado em 21/05/2019 15:31

O monitoramento remoto e o automonitoramento realizado por pacientes podem aumentar a adesão ao CPAP para pessoas com apneia do sono, de acordo com uma pesquisa apresentada pela ResMed (NYSE: RMD) (ASX: RMD) na Conferência Internacional da Sociedade Torácica Americana (American Thoracic Society, ATS) de 2019.

A adesão média ao dispositivo de pressão aérea positiva (positive airway pressure, PAP), o grande referencial para tratar de apneia do sono, é de aproximadamente 50% com o uso de tecnologias tradicionais sem os recursos de monitoramento remoto ou conectividade à nuvem. Segundo o novo estudo, os pesquisadores descobriram taxas mais elevadas quando avaliaram pacientes em dispositivos 100% conectados à nuvem que permitem o monitoramento remoto: mais de 31 mil brasileiros, 17 mil mexicanos e 4,1 milhões de norte-americanos.

-0- *T Percentual de participantes do estudo que atingiram adesão ao PAP em 90 dias (todos remotamente ou monitorados remotamente) e automonitorados Estados Unidos 74% 85% Brasil 72% 83% México 66% 81% *T

"Esses resultados representam um forte endosso para tecnologias de monitoramento remoto e automonitoramento", afirmou o Dr. Carlos M. Nunez, coautor do estudo e diretor médico da ResMed. "Apesar dos diferentes sistemas de saúde, problemas financeiros e sociais, os pacientes dos três países obtiveram índices de adesão acima da média quando tratados com dispositivos de PAP 100% conectáveis à nuvem."

Os pesquisadores também recomendam que os médicos inscrevam seus pacientes de PAP em um programa de automonitoramento como o myAir, o aplicativo de engajamento de pacientes da ResMed. Enquanto 26% dos pacientes dos Estados Unidos participantes desse estudo se cadastraram no myAir, apenas 8,1% dos pacientes brasileiros e 2,8% dos mexicanos fizeram o mesmo.

A adesão ao PAP foi definida para esse estudo utilizando a definição da Centers for Medicare and Medicaid Services dos Estados Unidos: utilizar PAP quatro horas por noite durante 70% das noites em um período de 30 dias nos primeiros 90 dias de terapia.

Sobre a ResMed

Na ResMed (NYSE: RMD) (ASX: RMD), somos pioneiros em soluções inovadoras que tratam e mantêm as pessoas fora do hospital, possibilitando que elas tenham uma vida mais saudável e com mais qualidade. Nossos dispositivos médicos conectados em nuvem transformam o tratamento de pessoas com apneia do sono, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e outras enfermidades crônicas. Nossas plataformas abrangentes de software ambulatorial prestam apoio aos profissionais e cuidadores que ajudam as pessoas a se manterem saudáveis em casa ou no ambiente de tratamento de sua preferência. Ao possibilitarmos melhores tratamentos, melhoramos a qualidade de vida, reduzimos os impactos de doenças crônicas e também os gastos de consumidores e sistemas de saúde em mais de 120 países. Para saber mais, visite ResMed.com e siga @ResMed.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20190521005880/pt/

Para a mídia: Jayme Rubenstein +1 858.836.6798 news@resmed.com

Para investidores: Amy Wakeham +1 858.836.5000 investorrelations@resmed.com

© 2019 Business Wire, Inc. Aviso: Este documento não é de autoria da AFP e a AFP não pode se responsabilizar por seu conteúdo. Para esclarecer qualquer dúvida sobre o conteúdo, por favor, contate as pessoas/empresas indicadas neste comunicado de imprensa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade