Publicidade

Estado de Minas

Mais um sábado de protesto dos 'coletes amarelos' na França


postado em 18/05/2019 16:31

Apesar da menor adesão de manifestantes nas últimas convocações, grupos de "coletes amarelos" voltaram a protestar neste sábado (18), pela 27ª semana consecutiva, dando sequência à mobilização social que completa seis meses.

Cerca de 15.500 manifestantes saíram às ruas na França, sendo que 1.600 protestaram em Paris, de acordo com dados do Ministério do Interior.

Além de Paris, houve atos em Reims (nordeste) e Nancy (leste), entre outras cidades.

Em Reims, pelo menos mil pessoas - na contagem de jornalistas da AFP - atenderam à "convocação nacional", reunindo-se na frente da prefeitura. Em Nancy, as autoridades locais estimaram a multidão em algo entre 1.300 e 1.400 pessoas.

O balanço oficial é questionado pelos "coletes amarelos", que anunciaram mais de 41.000 manifestantes.

Ainda segundo o Ministério do Interior, na semana passada, 18.600 pessoas protestaram em todo país.

A mobilização que começou há seis meses, e que agora registra uma queda no número de participantes, gerou a pior crise enfrentada pelo presidente francês, Emmanuel Macron, desde que ele assumiu o cargo em maio de 2017, gerando forte perda de popularidade do chefe de Estado.

Os protestos deste sábado acontecem a uma semana das eleições europeias (previstas para 26 de maio). A lista de candidatos do governo lidera as pesquisas, pouco à frente dos indicados pela extrema direita, liderada por Marine Le Pen.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade