Publicidade

Estado de Minas

Presidente do Sudão do Sul pede a líder rebelde para formar governo de unidade


postado em 20/04/2019 10:51

O presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, pediu neste sábado (20) ao líder rebelde Riek Machar que volte "urgentemente" para a capital, Juba, para formar um governo de unidade nacional.

Para Kiir, qualquer demora "destruiria" as esperanças de paz do povo deste país em guerra civil.

Segundo os termos do acordo de paz firmado em setembro pelos beligerantes no conflito iniciado no final de 2013, em 12 de maio deve estar em curso um governo transitório de unidade nacional.

O líder rebelde Riek Machar, que assinou o acordo, pediu na quinta-feira um adiamento de seis meses para a formação deste Executivo. Segundo ele, as condições de segurança ainda não lhe permitem voltar para a capital para assumir a vice-presidência do país.

Líderes de seu movimento dizem que, atualmente, Machar se encontra em Cartum, no Sudão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade