Publicidade

Estado de Minas

Cristina Kirchner volta a Cuba para visitar filha em tratamento


postado em 19/04/2019 18:52

A ex-presidente argentina e senadora Cristina Kirchner partirá na madrugada deste sábado para Cuba para visitar sua filha, Florencia, que faz um tratamento médico por uma condição que lhe impede de voltar a seu país.

Kirchner, que enfrenta vários processos judiciais, foi autorizada a deixar o país. "Vai ver sua filha e sua neta", Helena, disse à AFP uma fonte partidária.

Kirchner quer voltar a Buenos Aires em 30 de abril, três semanas antes do início previsto para 21 de maio do primeiro julgamento, por supostas irregularidades na licitação de obras públicas na província de Santa Cruz (sul) durante seu governo (2007-2015).

A ex-presidente já havia viajado para a ilha caribenha em meados de março, quando divulgou em vídeo que sua filha Florencia, também processada, passava por uma condição de saúde que a impedia de retornar à Argentina de Cuba, onde tinha ido participar de um curso de cinema.

A ex-presidente e seus dois filhos, Máximo e Florencia, enfrentarão um julgamento oral sem data, acusados de lavagem de dinheiro através do aluguel de hotéis familiares.

Florencia Kirchner, de 28 anos, sofre de estresse pós-traumático e obstrução linfática, segundo seu advogado.

A defesa da jovem cineasta solicitou há 10 dias a intervenção da Suprema Corte de Justiça, para quem apresentou a documentação sobre seu estado de saúde, após um tribunal não autorizá-la a prolongar sua estadia em Cuba.


Publicidade