Publicidade

Estado de Minas

Bilionário promete 100 milhões de euros para reconstruir Notre Dame

Dona de um dos maiores grupos de luxo do mundo, a família Pinault anunciou a doação ainda durante o incêndio, nesta segunda-feira


postado em 15/04/2019 20:22 / atualizado em 16/04/2019 08:50

A Catedral de Notre Dame, devastada por um incêndio nesta segunda-feira, parece ter sorte melhor que a do Museu Nacional do Brasil, destruído pelo fogo em setembro do ano passado.

Antes mesmo de as chamas no prédio serem debeladas, a bilionária família Pinault, proprietária do fundo de investimentos Artémis, prometeu 100 milhões de euros (o equivalente a R$ 438 milhões) para ajudar a reconstruir a igreja.

O anúncio foi feito pelo presidente da empresa, François-Henri Pinault, em entrevista à agência de notícias AFP.

 


"Meu pai (François Pinault) e eu decidimos liberar da Artemis uma quantia de 100 milhões de euros para participar do esforço que será necessário para a reconstrução completa de Notre Dame", anunciou Pinault, que comanda a Kering, holding francesa que, além da Artémis, controla um dos maiores grupos de empresas de luxo do mundo (a quem pertence, por exemplo, a Gucci). 

 

O anúncio do bilionário foi feito ao mesmo tempo em que a Fundação Heritage anunciava uma campanha nacional para a restauração da catedral.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade