Publicidade

Estado de Minas

Ataques aéreos dos EUA matam 62 extremistas islâmicos na Somália


postado em 17/12/2018 16:07

O Exército americano informou, nesta segunda-feira (17), que matou 62 membros do movimento extremista islâmico Al-Shabab em seis ataques aéreos na Somália.

Quatro operações mataram 34 militantes no sábado e dois outros ataques fizeram 28 mortos no domingo, segundo o comando americano na África.

Os ataques aéreos, em uma região costeira ao sul da capital Mogadíscio, foram os mais letais na Somália desde novembro do ano passado, quando os Estados Unidos informaram que haviam matado 100 extremistas.

Os seis ataques aéreos foram "realizados para evitar que o Al-Shabab use áreas remotas como um santuário para planejar, dirigir, inspirar e recrutar para futuros ataques", explica o comunicado do Exército americano.


Publicidade