Publicidade

Estado de Minas

Comunicado do Business Wire :Abu Dhabi National Oil Company


postado em 05/11/2018 22:01

A Abu Dhabi National Oil Company's (ADNOC) anunciou hoje seus planos de lançar uma nova estratégia de gás integrada e aumentar sua capacidade de produção de petróleo para 4 milhões de barris por dia (mmbpd) até o final de 2020 e 5 mmbpd até 2030, seguindo a aprovação do Conselho Superior do Petróleo (Supreme Petroleum Council , SPC), o mais alto órgão de governo da indústria de gás e petróleo de Abu Dhabi. A empresa anunciou também o crescimento do investimento de capital de US$132.33 bilhões entre 2019 e 2023 e novas descobertas de 1 bilhão de barris de petróleo.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20181105006014/pt/

ADNOC HQ Building in Abu Dhabi, United Arab Emirates (Photo: AETOSWire)

A estratégia de gás da ADNOC agregará recursos potenciais que habilitarão os Emirados Árabes Unidos a obter autossuficiência em gás, com o objetivo de mudar potencialmente para uma exportadora de gás líquido. A ADNOC anunciou também novas descobertas de gás, totalizando 15 trilhões de pés cúbicos padrão. A estratégia do gás vai sustentar a produção de gás natural liquefeito até 2040 e permitir que a ADNOC aproveite oportunidades de crescimento incremental de gás natural e gás para produtos químicos, onde quer que surjam, a partir da posição dinâmica e do crescente MIX energético dos Emirados Árabes Unidos.

Falando durante a reunião anual da SPC, S. Exa. Dr. Sultão Ahmed Al Jaber, Ministro de Estado dos Emirados Árabes Unidos e diretor executivo da ADNOC Group, afirmou: "Nossa histórica estratégia de autossuficiência em gás marca uma fase importante, nova e acelerada na execução da estratégia de crescimento até 2030 da ADNOC. Continuaremos liberando e entregando uma produção aumentada e comercialmente viável a partir das nossas reservas de gás e petróleo, em resposta à crescente demanda mundial por energia.

"O aumento incremental da nossa capacidade de produção de petróleo permitirá que a ADNOC continue sendo uma fornecedora de energia confiável, com a flexibilidade e a capacidade de responder e capitalizar o crescimento previsto da demanda por petróleo bruto."

"Ao mesmo tempo, os investimentos substanciais que faremos para o desenvolvimento de reservas novas e não desenvolvidas, tampões de gás e recursos não convencionais garantirão que possamos atender à crescente demanda por geração de energia e uso industrial, ao mesmo tempo mantendo nossos compromissos comerciais internacionais e aproveitando as oportunidades de crescimento incremental de gás natural liquefeito e gás para produtos químicos", acrescentou Sua Excelência Dr. Al Jaber.

A estratégia integrada de gás e petróleo da ADNOC reforça seus planos de investimento de processamento e distribuição de US$45 bilhões anunciado em maio, que verá a tripla produção da empresa de petroquímicos para 14,4 milhões de toneladas por ano, até 2025. Em maio, durante seu Fórum de investimentos em processamento e distribuição (Downstream Investment Forum), a ADNOC revelou um plano para criar o maior complexo integrado de refino e petroquímicos do mundo, em Ruwais, que vai lhe permitir aumentar ainda mais o valor de cada barril que produz.

A descoberta de nova reservas significativas de petróleo endossa a decisão do governo de Abu Dhabi, tomada no início deste ano, de abrir seis blocos geográficos de gás e petróleo para licitação competitiva. Com base em dados existentes de estudos detalhados sobre o sistema petrolífero, sondagens sísmicas, arquivos de log e amostras centrais de centenas de poços de avaliação, as estimativas sugerem que estes novos blocos contêm diversos bilhões de barris de petróleo e diversos trilhões de pés cúbicos de gás natural. As primeiras licenças de exploração e produção devem ser concedidas no primeiro trimestre de 2019.

A estratégia de licenciamento representa um importante avanço na maneira como Abu Dhabi apresenta novas oportunidades e maximiza o valor de seus recursos de hidrocarbonetos. Também é consistente com a abordagem da ADNOC de expandir suas parcerias estratégicas em todas as áreas da sua empresa. Os licitantes bem-sucedidos assinarão contratos que garantam os direitos de exploração e que, caso as metas definidas sejam alcançadas na fase de exploração, tenham a oportunidade de desenvolver e produzir quaisquer descobertas com a ADNOC, de acordo com os termos estabelecidos no pacote de licitação.

As projeções da indústria, destacou S. Exa. Dr. Al Jaber, confirma a estratégia integrada de gás e petróleo da ADNOC. Pela primeira vez, o mundo está a um passo de consumir 100 milhões de barris de petróleo por dia, com o consumo de petróleo aumentando, a um adicional de 10 milhões de barris por dia até 2040, disse ele. No mesmo período, a demanda por gás natural aumentará em 40%, enquanto o mercado de petroquímicos e polímeros de mais alto valor terá 60% de crescimento.

Sobre a ADNOC

A ADNOC é um importante grupo diversificado de empresas petroquímicas e de energia que produz aproximadamente 3 milhões de barris de petróleo e 10,5 bilhões de pés cúbicos de gás bruto diariamente. Suas atividades integradas de produção, refino e distribuição são realizadas por 14 empresas subsidiárias especializadas e empreendimentos conjuntos. Para saber mais, acesse: www.adnoc.ae. Para outras informações: media@adnoc.ae.

*Fonte:AETOSWire

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20181105006014/pt/

ADNOC Group Sean McCarthy, +971564067996 sean.mccarthy@bm.com

© 2018 Business Wire, Inc. Aviso: Este documento não é de autoria da AFP e a AFP não pode se responsabilizar por seu conteúdo. Para esclarecer qualquer dúvida sobre o conteúdo, por favor, contate as pessoas/empresas indicadas neste comunicado de imprensa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade