Publicidade

Estado de Minas

Júri espanhol considera brasileiro culpado por assassinato de quatro familiares


postado em 03/11/2018 18:45

O júri de um tribunal espanhol considerou neste sábado culpado um jovem brasileiro acusado de assassinar a sangue frio dois tios e dois primos em 2016, um crime que comoveu a Espanha.

Os nove membros do júri haviam iniciado suas deliberações ontem, e concluíram que Patrick Nogueira, 21, matou intencionalmente seus familiares.

"Sabia o que era certo e errado, e as consequências. Não foi um ato errático, foi planejado", indica a declaração do júri.

O juiz do tribunal da Audiência Provincial de Guadalajara, a cerca de 60 km de Madri, deve decidir agora a data da audiência em que será conhecida a sentença de Patrick, que pode ser condenado à prisão perpétua.

O brasileiro fugiu pouco depois de cometer o assassinato para João Pessoa, Paraíba. Retornou à Espanha em outubro de 2016 e se entregou à polícia, convencido por sua família de que seria melhor cumprir pena na Espanha do que no Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade