Publicidade

Estado de Minas

Ações da Apple caem abaixo de US$ 1 trilhão


postado em 02/11/2018 15:51

As ações da Apple continuavam caindo nesta sexta-feira, colocando a companhia abaixo do limite simbólico de um trilhão de dólares de valor na Bolsa, após as decepcionantes previsões de vendas para o final do ano.

Por volta das 17h00 GMT (14h00 de Brasília), o título da companhia despencava 7,27%, para 206,07 dólares, devido à decepção dos investidores após o anúncio na quinta-feira das projeções para o final de 2018, apesar do registro de um aumento significativo dos seus ganhos no último trimestre.

A empresa havia cruzado a barreira simbólica de um trilhão de dólares de valor na Bolsa em agosto.

Em seu último relatório trimestral, a Apple relatou que seu lucro trimestral se expandiu 32%, a US$ 14,13 bilhões, graças a benefícios provenientes de conteúdos e serviços digitais vendidos a usuários de iPhone.

A receita da Apple aumentou 20%, a US$ 62,9 bilhões, no trimestre, superando as expectativas do mercado.

No entanto, o mercado ficou decepcionado com a notícia de que a empresa não atendeu às previsões de vendas do iPhone, que foi de 46,9 milhões de celulares, em vez dos 48 milhões esperados.

Na quinta, as ações da Apple caíram 4,2%, a US$ 212,85 nas transações após o fechamento de Wall Street, depois que os resultados foram publicados.

Os resultados encerraram o quarto trimestre fiscal da Apple, que terminou em 29 de setembro, e lançaram as bases para o crucial período de fim de ano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade