Publicidade

Estado de Minas

Facebook diz que hackers acessaram dados de 29 milhões de usuários


postado em 12/10/2018 15:18

O Facebook anunciou nesta sexta-feira que hackers acessaram dados pessoais de 29 milhões de usuários em uma falha de segurança revelada no fim do mês passado - 21 milhões a menos do que o informado a princípio.

A rede social tinha afirmado originalmente que até 50 milhões de contas tinham sido afetadas pelo ciberataque que explorou um trio de falhas de softwares para roubar "tokens de acesso", que permitem que as pessoas se conectem automaticamente de volta às suas contas.

"Agora sabemos que menos pessoas foram impactadas do que originalmente acreditávamos", disse o vice-presidente de gerenciamento de produtos do Facebook, Guy Rosen, em um post.

A rede social explicou que os nomes e contatos pessoais de 15 milhões de usuários ficaram expostos, bem como dados adicionais de outras 14 milhões. Em todas as 29 milhões de contas, os hackers - cuja origem e identidade não foram reveladas - tiveram acesso a nome, e-mail e telefone, caso estivesse no perfil.

Mas a colheita foi muito mais frutífera, e potencialmente prejudicial, no caso dos 14 milhões. Além de nome e contatos, os hackers tiveram acesso ao gênero, estado civil, nível educacional, data de nascimento, local de residência, caso estivesse indicado na página.

Em 1 milhão de casos, os hackers não conseguiram acessar nenhuma informação.

O Facebook disse que o FBI está realizando a investigação e pediu para não divulgar informações sobre o caso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade