Publicidade

Estado de Minas

Ao menos três mortos em forte terremoto na ilha indonésia de Java


postado em 10/10/2018 20:54

Ao menos três pessoas morreram em um terremoto de seis graus de magnitude que sacudiu as ilhas indonésias de Java e Bali na madrugada desta quinta-feira, informaram as autoridades locais.

As três vítimas morreram esmagadas após o desabamento de suas casas no distrito de Sumenep, no leste de Java, indicou o porta-voz da agência nacional de desastres, Sutopo Purwo Nugroho.

O terremoto provocou poucos danos, mas ocorreu de forma repentina e os falecidos "não tiveram tempo de sair de casa", explicou.

O terremoto ocorreu às 18H44 GMT (15H44 em Brasília) e seu epicentro foi situado a nordeste da ponta oriental de Java, a cerca de 40 km da ilha, a uma profundidade de 10,3 km, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Foi sentido em Denpasar, capital de Bali, ilha muito frequentada por turistas.

"Muito forte e durou bastante", disse uma mulher chamada Davy, que se refugiou no estacionamento de um hotel de Bali, não muito distante de onde o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial celebram suas reuniões anuais este ano.

Alguns hóspedes dos hotéis de Nusa Dua, ao sul da ilha de Bali, saíram brevemente às ruas depois de que o terremoto fez os edifícios tremerem.

"O tremor foi muito forte. Levantei-me imediatamente e levei os meus filhos para fora da casa", disse à AFP Ni Komang Sudiani.

O abalo também foi sentido em Surabaia, a capital de Java Oriental, situada a 200 km de Situbondo, a localidade mais próxima ao epicentro.

"Senti-o durante uns 10 segundos. As pessoas estavam dormindo mas acordaram ao sentir" o tremor, disse Tonny Akbar Mahendro à AFP.

O terremoto ocorre menos de duas semanas depois de um tremor de 7,5 graus de magnitude seguido de um tsunami que atingiu a ilha indonésia de Célebes, 1.000 km ao norte de Situbondo, e que deixou cerca de 2.000 mortos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade