Publicidade

Estado de Minas

Após acordo, Musk caçoa de entidade que regula Wall Street


postado em 05/10/2018 17:24

Menos de uma semana após chegar a um acordo com a Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC) para evitar ser processado por fraude, o CEO da Tesla, Elon Musk, caçoou da instituição nesta quinta-feira.

"Apenas para dizer que a 'Shortseller Enrichment Commission' (algo como "comissão para enriquecimento de vendas a descoberto") está fazendo um ótimo trabalho. A mudança de nome foi perfeita", escreveu o milionário em sua conta no Twitter, seu meio de comunicação preferido.

Musk se referiu aos investidores especulativos que apostam em um colapso de títulos da bolsa.

A SEC, que controla Wall Street, apresentou uma queixa na semana passada contra Musk, por ter confundido investidores com um tuíte em 7 de agosto no qual disse que pretendia retirar seu grupo da bolsa.

Mas isso não aconteceu, e os investidores sofreram com a flutuação da ação, que por fim caiu abruptamente.

No sábado, Musk e a SEC fecharam um acordo para finalizar o processo, que levará Musk a deixar a presidência do conselho diretor da empresa que fundou, mas podendo conservar o cargo de CEO.

Além disso, a SEC multou Musk e a Tesla por 20 milhões de dólares.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade