Publicidade

Estado de Minas

Cidade da Indonésia é atingida por tsunami após forte terremoto


postado em 28/09/2018 13:36

A cidade indonésia de Palu foi atingida por ondas de um tsunami causado por um forte terremoto de magnitude 7,5 que atingiu a região - informou a Agência Nacional de Desastres nesta sexta-feira (28).

"Um tsunami ocorreu em Palu", informou o chefe da divisão de terremotos e tsunamis da agência, Rahmat Triyono.

Uma gravação de vídeo feita do alto da rampa de um estacionamento em Palu mostrou uma onda arrasando edifícios e inundando uma grande mesquita.

Além disso, o tremor atingiu prédios e fez os habitantes correrem em pânico para as ruas.

"Há informações de que muitos edifícios caíram no terremoto", disse em um comunicado o porta-voz da agência de gestão de desastres, Sutopo Purwo Nugroho.

"Os habitantes entraram em pânico e saíram correndo de suas casas", relatou.

Segundo o porta-voz, equipes de busca e resgate foram enviadas para as zonas mais afetadas.

O principal aeroporto de Palu foi fechado às 19h30 locais e se manterá sem funcionar por 24 horas, de acordo com as autoridades.

Várias pessoas que vivem a centenas de quilômetros do epicentro disseram ter sentido o forte tremor, algumas horas depois de um pequeno sismo que deixou pelo menos um morto nessa mesma região.

Ainda não há informações sobre mortos e feridos, mas este último sismo foi de maior magnitude do que a série de terremotos que este ano deixou centenas de mortos na ilha de Lombok.

De acordo com o US Geological Survey (USGS), o terremoto foi registrado na ilha de Sulawesi, com profundidade de apenas 10 quilômetros, pouco antes das 18h locais (8h em Brasília).

- 'Terremoto! Terremoto!'

O terremoto desta sexta teve seu epicentro a 78 quilômetros ao norte da cidade de Palu, capital da província de Sulawesi Central, mas foi sentido 900 quilômetros ao sul, na ilha de Makassar.

O primeiro tremor aconteceu pouco antes do início da oração de sexta-feira, horário em que as mesquitas estão especialmente cheias, neste que é o país com a maior população muçulmana do mundo.

"Ia começar a orar, quando ouvia as pessoas gritando 'Terremoto! Terremoto'. Aí parei", disse à AFP Andi Temmaeli, de Wajo, que fica ao sul de Palu.

Lisa Soba Palloan, moradora de Toraja, 175 quilômetros ao sul de Palu, disse que vários tremores foram sentidos hoje.

"O último foi o mais forte", contou, acrescentando que "todo o mundo deixou suas casas, gritando de medo".

Os sismos registrados na ilha indonésia de Lombok no verão passado deixaram 555 mortos, cerca de 1.500 feridos e mais de 400 mil deslocados.

Em 26 de dezembro de 2004, a Indonésia sofreu uma série de sismos devastadores, um deles de magnitude 9,1, na ilha de Sumatra. Este tremor motivou um grande tsunami que provocou a morte de 220.000 pessoas na região, 168.000 delas na Indonésia.

Este foi o terceiro maior terremoto no mundo desde 1900.

Em 2006, quase 6.000 pessoas morreram em um violento sismo que atingiu a ilha de Java. Esse terremoto, de magnitude 6,3, segundo o USGS, aconteceu em uma populosa zona ao sul da grande cidade universitária de Yogyakarta e deixou 38.000 feridos. Mais de 420.000 pessoas perderam suas casas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade