Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Japão diz que irá conversar mais com Rússia sobre tratado de paz


postado em 14/09/2018 08:58

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse nesta sexta-feira que se reunirá novamente neste ano para mais conversas com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, sobre a proposta russa de assinar um tratado de paz e discutir o status das ilhas Curilas do Sul, disputadas pelos dois países. O Japão, no entanto, deseja resolver a disputa territorial antes de assinar um tratado de paz, de acordo com Abe, durante um debate político em seu partido, repetindo a posição de longa data do país.

Abe voltou da Rússia na quinta-feira depois de se reunir com Putin e participar de uma conferência econômica. Ele afirmou que os dois líderes discutirão um tratado caso se reúnam novamente no fim do ano. Putin disse na quarta-feira que os países devem assinar um tratado de paz antes do fim do ano e depois de discutir a questão das ilhas.

"Precisamos ler os sinais das palavras de Putin. Não há duvida de que ele expressou sua disposição sobre a necessidade de assinar um acordo de paz", disse o premiê japonês. Abe tem pressionado por uma maneira de avançar na disputa, com os dois líderes mantendo conversas com mais frequência. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade