Publicidade

Estado de Minas

EUA planeja sanções mais severas contra Rússia por envenenamento de espiões


postado em 13/09/2018 18:00

Os Estados Unidos estão planejando um novo conjunto de "severas" sanções contra a Rússia pela suposta tentativa dos agentes do Kremlin de matar um espião renegado no Reino Unido, informou nesta quinta-feira (13) uma funcionária do Departamento de Estado.

A secretária de Estado adjunta, Manisha Singh, disse em uma audiência no Congresso que a Rússia ainda não aceitou as demandas de que torne transparente sua produção do agente nervoso Novichok, utilizado em 4 de março na tentativa de assassinato do ex-agente duplo Sergei Skripal e sua filha em Salisbury, na Inglaterra.

Moscou recebeu um prazo até novembro para permitir a inspeção de suas instalações relacionadas ao potente veneno e de dar garantias "verificáveis" de que o agente não voltará a ser utilizado.

"Não fizeram isso até agora", disse Singh. "Estamos considerando esta data limite de novembro e planejamos impor uma segunda rodada de sanções muito severas", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade