Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Integrante do grupo Pussy Riot é hospitalizado sob suspeita de envenenamento


postado em 13/09/2018 12:12

Um integrante da banda punk anti-Kremlin Pussy Riot foi hospitalizado em estado grave sob suspeita de envenenamento, informam veículos de imprensa da Rússia. Pyotr Verzilov, preso por quinze dias por invadir a final da Copa do Mundo em julho, está na unidade de emergência desde a última terça-feira, 11.

Segundo Veronika Nikulshina, que também integra a Pussy Riot, Pyotr sofre com perda de visão e da habilidade de fala e atualmente está sendo tratado em uma unidade de emergência especializada em envenenamentos em Moscou.

Tanto Veronika e Pyotr foram presos por quinze dias após invadirem a final da Copa do Mundo em Moscou durante um protesto contra a repressão policial na Rússia.

Os dois entraram no campo vestindo uniformes policiais e interromperam a disputa entre a França e a Croácia antes de serem expulsas pelos seguranças. Fonte: Associated Press

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade