Publicidade

Estado de Minas

Três policiais morrem na Jordânia após ataque contra célula 'terrorista'


postado em 11/08/2018 21:24

Três policiais jordanianos morreram neste sábado durante um ataque no norte da cidade de Amã contra uma célula "terrorista" suspeita de estar envolvida em um ataque no dia anterior, que custou a vida de outro membro das forças de segurança.

Entrincheirados em um imóvel da cidade de Salt (30 km ao norte de Amã), "os suspeitos se negaram a se entregar e atiraram em direção às forças de segurança", para em seguida detonar artefatos explosivos que haviam colocado anteriormente no edifício, indicou em um comunicado a ministra de Estado para Meios de Comunicação, Jumana Ghneimat.

Em um primeiro momento, Ghneimat afirmou que um membro das forças de segurança havia morrido, e depois aumentou o balanço para um total de três policiais mortos.

"Vários membros das forças de segurança ficaram feridos, assim como vários civis", acrescentou a ministra.

Segundo os meios locais, que citam fontes médicas, haveria cerca de 20 feridos em Salt.

As forças de segurança prenderam três membros da célula "terrorista", indicou Ghneimat, que detalhou que a "operação continuavam em curso".

Este ataque foi realizado após informações que indicavam "o envolvimento desta célula terrorista no incidente de al-Fuhais", segundo o comunicado.

A cidade de Salt fica alguns quilômetros ao norte de al-Fuhais, onde no dia anterior ocorreu um ataque contra membros das forças de segurança.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade