Publicidade

Estado de Minas

Detidos em Mali três homens que 'planejavam ataques' em fim de semana eleitoral


postado em 11/08/2018 17:18

Três membros de um "comando" que "planejou ataques direcionados" neste fim de semana em Bamako foram detidos neste sábado, na véspera do segundo turno da eleição presidencial em Mali, indicaram os serviços de inteligência em um comunicado.

Os três malineses, suspeitos de serem os autores de um roubo que deixou três mortos em outubro de 2016, "planejavam outros ataques direcionados em Bamako neste fim de semana". Foram presos "durante o planejamento de suas operações", indicou o departamento de Segurança de Estado em um comunicado enviado à AFP.

Mali, um país golpeado pelo jihadismo, volta neste domingo às urnas para o segundo turno das eleições presidenciais com o atual chefe de Estado, Ibrahim Boubakar Keita (IBK), como favorito contra o candidato opositor, Soumaila Cissé.

O vencedor, que assumirá o cargo em setembro, terá a dura tarefa de relançar o acordo de paz alcançado em 2015 pelo governo e a antiga rebelião dominante tuaregue, cuja aplicação continua sendo adiada.

No país estão mobilizados 14.000 capacetes azuis na missão das Nações Unidas, 4.500 militares franceses da operação "Barkhane" e membros da força antijihadista do G5 no Sahel (Mauritânia, Mali, Níger, Burkina Faso e Chade).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade