Publicidade

Estado de Minas

Guterres conclama líderes do Sudão do Sul a acertar acordo de paz


postado em 06/08/2018 18:48

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, elogiou nesta segunda-feira a assinatura de um acordo de divisão do poder entre os líderes do Sudão do Sul e os conclamou a agir rapidamente visando um acordo de paz para acabar com cinco anos de guerra.

O presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e seu adversário e líder rebelde Riek Machar firmaram o acordo no domingo passado, em Cartum.

Pelo acordo, Machar voltará ao governo do Sudão do Sul como o primeiro dos cinco vice-presidentes.

O texto busca abrir caminho para um acordo de paz e a formação de um governo de transição até a realização de eleições.

Guterres saudou o "passo importante" em direção à reativação do acordo de paz firmado em 2015 visando acabar com a guerra.

O Acordo para a Resolução do Conflito no Sudão do Sul (ARCSS) pretendia restaurar a paz, mas fracassou após Machar ser expulso de Juba por um ataque das forças governamentais, em agosto de 2016.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade