Publicidade

Estado de Minas

Morre palestino ferido por tiros israelenses


postado em 06/08/2018 06:06

Um palestino morreu no domingo à noite, vítima dos ferimentos provocados por tiros de soldados israelenses durante um protesto perto da cerca de fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza no fim de março, anunciou o ministério da Saúde do território.

Ahmed al-Ayeda, de 17 anos, foi ferido nos confrontos registrados nas primeiras manifestações contra Israel em março de 2018.

Ao menos 160 palestinos morreram na Faixa de Gaza desde o início das manifestações, em 30 de março, contra os mais de 10 anos de bloqueio israelense e para exigir o direito de retorno dos palestinos que fugiram ou foram expulsos de suas terras com a criação de Israel, em 1948.

Em 20 de julho, um soldado israelense foi morto por um palestino durante uma operação do exército perto da cerca de fronteira, a primeira vítima de Israel nesta região desde a guerra com o Hamas de 2014.

Os palestinos lançam com frequência balões incendiários contra o sul do território israelense, provocando incêndios.

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu se reuniu no domingo com os integrantes de seu gabinete para discutir uma possível trégua com o Hamas, o movimento islamita que governa a Faixa de Gaza.

Os dirigentes do Hamas se reuniram em Gaza na sexta-feira e sábado, mas até o momento nenhuma informação sobre os encontros foi divulgada.

Desde 2008, Israel e Hamas protagonizaram três guerras.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade