Publicidade

Estado de Minas

Presidente venezuelano escapa de atentado com explosivos, diz governo


postado em 04/08/2018 21:00 / atualizado em 04/08/2018 21:50

 

(foto: AFP / Juan BARRETO)
(foto: AFP / Juan BARRETO)

O governo venezuelano assegurou que o presidente Nicolás Maduro sofreu neste sábado (4) um "atentado" com drones carregados com explosivos, do qual saiu ileso, embora sete militares tenham ficado feridos.


"Trata-se de um atentado contra a figura do presidente Nicolás Maduro", disse o ministro da Comunicação, Jorge Rodríguez, após o incidente no qual Maduro aparecia na televisão quando interrompeu repentinamente seu discurso durante ato pelo 81º aniversário da Guarda Nacional venezuelana, em Caracas.


Rodríguez explicou que "uma carga explosiva (...) detonou nas proximidades do palanque presidencial" e outras em diferentes locais da parada no centro da capital venezuelana.


O ministro informou que "para tranquilidade de todos", Maduro "saiu completamente ileso e se encontra neste momento realizando seu trabalho habitual e em reunião permanente com o alto comando político, com os ministros e o alto comando militar".


No entanto, informou que as detonações causaram "alguns ferimentos em sete efetivos" da Guarda Nacional Bolivariana, que estavam no local do desfile, e "estão sendo atendidos neste momento" em hospitais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade