Publicidade

Estado de Minas

Pompeo pede manutenção da "pressão diplomática e econômica" sobre Coreia do Norte


postado em 04/08/2018 00:30

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, pediu neste sábado (horário local, noite de sexta-feira no Brasil) que a pressão sobre a Coreia do Norte seja mantida, já que Pyongyang está avançando lentamente em direção à desnuclearização.

Pompeo pediu para "manter a pressão diplomática e econômica" sobre Pyongyang antes de um importante fórum de segurança em Singapura.

Seu homólogo norte-coreano, Ri Yong Ho, também está na cidade-estado para o Fórum Regional da Asean, que acontece no final do dia. Pompeo, contudo, disse que ainda não se encontrou com ele à margem do encontro.

Em uma cúpula histórica com o presidente Donald Trump em junho, o líder do Norte, Kim Jong Un, assinou um vago compromisso de "desnuclearização da Península Coreana" - muito distante das demandas norte-americanas de um desarmamento completo, verificável e irreversível.

O secretário de Estado norte-americano mencionou informações segundo as quais a Rússia continua tendo negócios com norte-coreanos e oferecendo empregos a trabalhadores expatriados do país asiático, o que representa uma importante fonte de receitas para o regime de Pyongyang.

"Seria uma violação às resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas", e "qualquer violação" será "levada muito a sério por parte dos Estados Unidos", disse e prometeu que abordará essa questão com Moscou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade