Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

UE diz que Reino Unido não pode pedir mudança em controle de fronteiras e leis


postado em 02/08/2018 15:15

O principal negociador da União Europeia para questões da saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit), Michel Barnier, disse nesta quinta-feira que o Reino Unido não pode pedir à União Europeia que perca o controle de suas fronteiras e leis, ao sugerir manutenção de livre circulação de mercadorias, mas não a livre circulação de pessoas e de serviços.

"O Reino Unido quer manter livre circulação de mercadorias entre nós, mas não de pessoas e serviços. E propõe aplicar as regras aduaneiras da UE sem fazer parte da ordem jurídica da UE. Assim, o Reino Unido quer recuperar a soberania e o controle de suas próprias leis, que nós respeitamos, mas não pode pedir à UE que perca o controle de suas fronteiras e leis", disse Barnier em artigo publicado no site da Comissão Europeia.

Apesar disso, o negociado da UE disse que continua confiante de que as negociações da saída do Reino Unido da UE (Brexit) podem alcançar um bom resultado. "É possível respeitar os princípios da UE e criar uma nova e ambiciosa parceria", disse Barnier, argumentando que, em março, a UE ofereceu um acordo de comércio livre com tarifas zero e sem restrições quantitativas para mercadorias. "Propôs uma estreita cooperação alfandegária e regulatória e o acesso aos mercados de compras públicas, para citar apenas alguns exemplos", acrescentou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade