Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Rússia estaria recebendo trabalhadores da Coreia do Norte, contrariando sanções


postado em 02/08/2018 13:09

A Rússia estaria deixando milhares de novos trabalhadores da Coreia do Norte entrarem no país, além de estar emitindo novas autorizações de trabalho, contrariando as sanções impostas pela Organização das Nações Unidas (ONU) a Pyongyang para pressionar pela desnuclearização da Coreia do Norte.

Em setembro, a ONU proibiu os governos de emitir novas permissões de trabalho para os norte-coreanos, embora alguns contratos de trabalho existentes pudessem continuar. Desde a proibição, mais de 10 mil novos trabalhadores norte-coreanos se registraram na Rússia, de acordo com registros do Ministério do Interior da Rússia obtidos pelo The Wall Street Journal.

Enquanto isso, pelo menos 700 novas autorizações de trabalho foram emitidas para os norte-coreanos neste ano, de acordo com registros do Ministério do Trabalho russo.

A postura russa está sendo questionada por autoridades americanas. O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, e o enviado dos Estados Unidos para a ONU, Nikki Haley, questionaram a aplicação das sanções por parte de Moscou. "Vamos exigir que todos os países do mundo façam a sua parte", disse. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade