Publicidade

Estado de Minas

Jerusalém realiza a passeada do Orgulho Gay sob fortes medidas de segurança


postado em 02/08/2018 09:12

Milhares de pessoas participam nesta quinta-feira em Jerusalém da 17ª edição do desfile do Orgulho Gay, em meio a um importante dispositivo de segurança de segurança.

A circulação ficará proibida no centro da Cidade Santa e para ter acesso à região da passeata, as pessoas terão de ser submetidas a uma revista corporal, informou a polícia.

Em 2015, um judeu ortodoxo invadiu a passeata e matou com uma facada um adolescente de 16 anos.

Essa morte criou uma polêmica sobre as medidas de segurança na 'Gay Pride' israelense porque o assassino, Yshai Shlissel, havia saído da cadeia poucas semanas antes da agressão depois de pagar pena por ferir três pessoas no Orgulho Gay de 2005.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade