Publicidade

Estado de Minas

Wall Street fecha sem direção, entre Apple e tensões comerciais


postado em 01/08/2018 18:42

Wall Street fechou com seus índices díspares nesta quarta-feira, após oscilar entre o estímulo dos resultados da Apple e a inquietação com uma retomada das tensões comerciais entre Estados Unidos e China.

O índice industrial Dow Jones recuou 0,32% a 25.333,82 unidades, o tecnológico Nasdaq avançou 0,46%, a 7.707,29 unidades, e o S&P; 500 caiu 0,10%, a 2.813,36.

O mercado recompensou a Apple por seus resultados do segundo trimestre, deixando a empresa perto de alcançar ao emblemática valor de 1 bilhão de dólares de capitalização na bolsa.

Contudo, o mercado mostrou preocupação com o retorno das tensões comerciais, disse Peter Cardillo, da Spartan Capital Securities.

No mercado de títulos, o rendimento dos bônus do Tesouro passou brevemente e pela primeira vez desde de junho dos 3%. Às 20h35 GMT (18h35 de Brasília), subia a 2,999%, contra 2,960 da sessão anterior. O rendimento dos papéis a 30 anos avançava a 3,127%, ante 3,082% da véspera.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade