Publicidade

Estado de Minas

Suposto "provérbio" de Ivanka Trump deixa os chineses perplexos


postado em 12/06/2018 06:12

Os chineses tentavam encontrar nesta terça-feira a origem de um suposto provérbio de sua cultura que Ivanka Trump, filha do presidente americano Donald Trump, publicou no Twitter poucas horas antes da reunião de seu pai com o líder norte-coreano Kim Jong Un.

"O cético não tem que interromper o que atua - Provérbio chinês", tuitou Ivanka Trump na segunda-feira à noite, poucas horas antes da histórica reunião de cúpula de Singapura.

Esta referência deixou os internautas chineses perplexos e muitos tentavam encontrar a origem do suposto provérbio.

"Nosso chefe de redação não encontra de que provérbio se trata. Ajuda!", pediu a conta oficial da Sina, a empresa que administra o Weibo, em sua conta nesta rede social, chamada de "Twitter chinês".

Em milhares de mensagens, os usuários do Weibo discutiam sobre a possível origem do provérbio e alguns criticavam diretamente a filha de Trump.

"Leu em um biscoito da sorte da Panda Express", afirmou um internauta, em referência aos biscoitos de uma conhecida rede de comida chinesa nos Estados Unidos.

Ivanka Trump é muito popular na China, sobretudo depois de publicar um vídeo de sua filha de seis anos recitando um poema em mandarim.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade