Publicidade

Estado de Minas

França e Alemanha, otimistas sobre novo processo de paz na Ucrânia


postado em 11/06/2018 22:48

França e Alemanha demonstraram otimismo nesta segunda-feira (11) sobre a retomada do processo de paz na Ucrânia, após uma reunião em que russos e ucranianos prometeram buscar de novo um cessar-fogo.

"Todas as partes se expressaram de novo a favor de um cessar-fogo duradouro que inclua a retirada de armas pesadas, o desarmamento de tropas, a retirada de minas da região [de Donbass] e o acesso e a proteção da missão de observadores da OSCE" (Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa), disse o ministro alemão de Exteriores, Heiko Maas, após cinco horas de reunião em Berlim com seus homólogos francês, russo e ucraniano.

Este encontro pretendia retomar o diálogo após 16 meses sem reuniões entre as partes, em um contexto de tensões no leste da Ucrânia, onde o cessar-fogo, decretado pelos acordos de Minsk de fevereiro de 2015, é violado diariamente.

O ministro francês, Jean-Yves Le Drian, saudou nesta segunda-feira uma "dinâmica positiva" e seu homólogo russo, Serguéi Lavrov, mencionou "uma reunião muito útil". Le Drian, no entanto, reconheceu que não foi possível "resolver todos os problemas relacionados com a aplicação dos acordos de Minsk".

Os quatro ministros reunidos em Berlim também falaram da possibilidade de uma força de paz da ONU na zona, mas que não poderia ser colocada em ação até que haja cessar-fogo.

O conflito entre o governo de Kiev e os separatistas pró-russos da região de Donbass, no leste da Ucrânia, deixou 10.000 mortos em quatro anos e centenas de milhares de deslocados, apesar do processo de paz auspiciado por França e Alemanha.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade