Publicidade

Estado de Minas

Continua busca de pesqueiro argentino desaparecido com nove tripulantes


postado em 10/06/2018 14:54

A busca pelo barco de pesca argentino "Rigel", desaparecido no sábado com nove tripulantes na costa sul da Argentina, continuava neste no domingo (10), mas sem resultados, informou a Armada em um comunicado.

No sábado, um corpo sem vida foi resgatado por outro barco de pesca perto da área onde o "Rigel" emitiu um sinal de socorro no sábado, antes de desaparecer.

Oficialmente, não foi relatado se o corpo pertence à tripulação do "Rigel", mas a imprensa local afirma que é o capitão do pesqueiro.

O "Rigel" desapareceu após emitir um sinal de socorro na costa da província de Chubut, a 200 quilômetros a leste da cidade de Trelew.

O caso lembra a tragédia do submarino ARA San Juan, que desapareceu no Atlântico Sul sem deixar rastros em 15 de novembro de 2017 com 44 tripulantes.

O "Rigel" havia zarpado na última terça-feira do porto de Mar del Plata, 400 km ao sul de Buenos Aires, e navegava para o sul em busca de camarões.

Um avião e dois navios da prefeitura varreram a área onde o farol de resgate e vários itens pertencentes ao barco de pesca foram encontrados, incluindo um salva-vidas com a inscrição "Rigel".

De acordo com o última relato oficial, o avião Beechcraft King Air, que partiu de Trelew na manhã deste domingo, realizou uma varredura "de 100% da área" sem resultados.

O sindicato que agrupa os pescadores anunciou uma greve no porto de Mar del Plata exigindo maior controle sobre as embarcações antes da partida.

O "Rigel" é um barco de pesca de 1968, tem 27 metros de comprimento e 6 de largura e pertence à empresa privada Pesca Nueva.

Parentes relataram que antes de sair houve problemas elétricos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade