Publicidade

Estado de Minas

Enviado dos EUA à Venezuela se reúne com Parlamento opositor


postado em 08/06/2018 19:12

Christopher Lambert, o novo representante dos Estados Unidos na Venezuela após a expulsão de seu antecessor, se reuniu nesta sexta-feira com a direção do Parlamento, único poder controlado pela oposição, para manifestar seu apoio.

Lambert, encarregado de negócios da Embaixada americana em Caracas, "reafirmou a Omar Barboza - presidente do Legislativo - o apoio do governo em Washington às instituições democráticas da Venezuela", informou no Twitter a representação diplomática.

O encarregado de negócios precedente, Todd Robinson, foi expulso após o governo de Donald Trump ignorar a reeleição do presidente Nicolás Maduro na votação de 20 de maio passado.

A mensagem veio acompanhada por uma foto de Lambert e de Barboza, com as bandeiras de Estados Unidos e Venezuela ao fundo, além de um quadro de Simón Bolívar.

Washington reconhece o Parlamento "como a representação legítima do povo da Venezuela", assinalou o Legislativo, cujas decisões são consideradas nulas pelo governo de Maduro, após a Justiça declará-lo em desacato.

Segundo Barboza, Lambert reafirmou "a vontade do governo dos Estados Unidos de ser um fator que possa contribuir para a busca de saídas pacíficas e democráticas para a crise" venezuelana.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade