Publicidade

Estado de Minas

Vulcão de Fogo volta a aumentar atividade na Guatemala


postado em 05/06/2018 20:18

O Vulcão de Fogo, que no domingo registrou uma potente erupção que deixou 72 mortos e milhares de evacuados na Guatemala, aumentou nesta terça-feira sua atividade e registrou uma forte explosão, informou a Defesa Civil.

"Estão sendo realizadas evacuações das comunidades vizinhas neste momento... a atividade do Vulcão de Fogo tende a aumentar", disse a jornalistas David de León, porta-voz da Coordenadoria para a Redução de Desastres (Conred).

De León explicou que, segundo análises de especialistas, novamente poderiam ser registrados fluxos piroclásticos, que estão formados de lama, água, varas e pedras que descendem do cume do colosso, de 3.763 metros de altura e situado 35 km ao sudoeste da capital.

No domingo passado, o vulcão desatou sua fúria com uma potente erupção que deixou até agora 72 mortos, segundo o Instituto Nacional de Ciências Forenses (Inacif).

Além disso, há 46 feridos, 3.271 evacuados e 1.877 abrigados nos departamentos de Escuintla (sul) e Sacatepéquez (oeste), que junto ao de Chimaltenango (oeste) são os mais afetados pela erupção vulcânica, segundo dados da Conred.

Um fotógrafo da AFP no local disse que se escutou um forte estrondo e depois uma grande coluna de cinzas se elevou pelos céus, o que obrigou as autoridades a evacuarem todas as pessoas que se encontravam nessa zona.

Foram ativados apitos e gritos de alerta para que todos abandonassem o lugar o mais rápido possível.

Além do Vulcão de Fogo, na Guatemala também estão ativos os vulcões Santiaguito (oeste) e Pacaya (20 km ao sul da capital).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade