Publicidade

Estado de Minas

Conheça o coral gospel que conquistou o mundo e roubou a cena no casamento real

A cerimônia de casamento de Harry e Meghan emocionou milhares telespectadores ao redor do Globo. Mas a apresentação do coral britânico The Kingdom Choir, formado por cantores negros, cantando 'Stand By Me' foi o ponto alto da celebração


postado em 20/05/2018 17:52 / atualizado em 20/05/2018 20:35

 
O príncipe Harry e Meghan Markle começaram, neste domingo, a sua nova vida depois de um casamento espetacular e inovador em Windsor no sábado(foto: Ben STANSALL/AFP )
O príncipe Harry e Meghan Markle começaram, neste domingo, a sua nova vida depois de um casamento espetacular e inovador em Windsor no sábado (foto: Ben STANSALL/AFP )
Sim, casaram. Agora, Harry e Meghan são os novos duque e duquesa de Sussex. Entre todas as imagens marcantes da celebração de ontem, um ganhou destaque nas redes sociais. O que mais emocionou o público foi a apresentação do coral gospel The Kingdom Choir, formado por cantores negros, cantando “Stand By Me”, originalmente interpretada por Ben E. King.
 
O coro britânico juntamente com Karen Gibson, interpretaram um clássico do soul de 1961. A escolha da música representa foi considerada uma inovação, uma vez que raramente são interpretadas música não religiosas em casamentos da realeza. A apresentação quebrou paradigmas e a tradição real e está sendo considerado um dos melhores momentos do casamento de Meghan e Harry. A escolha pelo coral composto majoritariamente por pessoas negras, foi uma alusão a Meghan Markle, devido sua descendência – o pai é branco e a mãe é negra. 
 

Antes mesmo do fim da celebração do casamento na Catedral São Jorge, postamos o vídeo do coral na conta do jornal Estado de Minas no Instagram(@emimagem). A repercussão foi imediata. Em menos de 24 horas, o vídeo foi visto 11.177 vezes por mais de 8.400 pessoas na rede social de fotos. O post  recebeu 1370 curtidas e gerou 114 comentários. A maioria, elogiando a apresentação do coral.
 
Entre os vários comentários de “lindo, emocionante, bela apresentação, magnífico” escreveu a seguidora Juliana Prados: “Diversidade no casamento real! Que maravilhoso!”.Leila Queiroz completou: “Maravilhoso!!! Quebrando Paradigmas..”. Outro seguidor, Alberto Willians Gore entatizou: “Coral negro, SIM!Mostrou a representatividade negra ao se apresentar de forma magistral na cerimônia. Em total sontonia com a noiva, filha de mãe negra. Parabéns @emimagem por destacar a raça em seu post”. Já Stephanie de Oliveira Souza concluiu: “Coral NEGRO, porque representatividade, ressignificação e afirmação são necessários em tempos em que só a cultura e beleza europeia é valorizada e principalmente em um contexto tão particular para as relações internacionais como este. Foi lindo sim”.

Na imprensa britânica
 
O casamento real entre o príncipe Harry e Meghan Markle na manhã deu o que falar. Foram inúmeros acontecimentos e detalhes que chamaram a atenção do mundo e fizeram com que o casamento fosse único e inesquecível. Neste domingo, a imprensa britânica analisou em profundidade o casamento, rivalizando em elogios para comentar a cerimônia."Sob um resplandecente sol de maio, o casamento do novo duque e da duquesa de Sussex foi o reflexo de sua personalidade: um casal relaxado, agradável, glamouroso e adorável.
 
Foi um triunfo", escreveu o Sunday Telegraph, com uma foto na capa do casal se abraçando. "A noiva estava sublime", acrescentou o jornal conservador, antes de afirmar que a "Disney não poderia ter criado uma princesa melhor"."O melhor de todos os casamentos reais", se atreveu o jornal Sun on Sunday, para o qual esta união supõe uma "mudança histórica" para a monarquia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade