Publicidade

Estado de Minas

UE se reúne para discutir resposta conjunta sobre o Irã e o comércio


postado em 16/05/2018 09:12

Os líderes da União Europeia devem preparar nesta quarta-feira em Sofia uma resposta coletiva dos 28 às decisões do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre o programa nuclear iraniano e o comércio internacional.

Os líderes europeus também devem abordar o recente massacre na Faixa de Gaza, onde dezenas de palestinos foram mortos pelo Exército israelense desde a inauguração da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém na segunda-feira.

"Vamos refletir sobre os recentes acontecimentos internacionais, especialmente depois dos anúncios do presidente Trump sobre o Irã e sobre o comércio", escreveu o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, em sua carta de convite para o jantar de trabalho em Sofia.

A reunião desta noite na capital da Bulgária é um prelúdio para uma reunião de cúpula programada para quinta-feira entre os líderes europeus e os dos Bálcãs Ocidentais (Albânia, Bósnia-Herzegovina, Sérvia, Montenegro, Macedônia e Kosovo) para reafirmar seus laços com esta região, em face da influência russa.

A cúpula, a primeira do tipo em 15 anos, não contará com a presença do espanhol Mariano Rajoy, uma vez que seu país não reconhece a independência unilateral do Kosovo da Sérvia em 2008. A decisão "é a mais coerente com a posição" de Madri, defendeu na terça-feira em Sofia, onde jantará com os líderes europeus.

Apesar de não estar prevista nenhuma decisão concreta nesta quarta, os 28 vão buscar demonstrar união diante dos desafios americanos, sobretudo da retirada do acordo nuclear iraniano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade