Publicidade

Estado de Minas

Cinco imagens fortes da primeira semana de Cannes


postado em 14/05/2018 16:30

Oitenta e duas mulheres na escadaria contra a desigualdade de gênero, Godard em uma tela de celular, um pássaro noturno no tapete vermelho... Confira as cinco imagens que marcaram a primeira semana do Festival de Cannes.

- 82 mulheres na escadaria -

Em Cannes, uma bela foto vale mais do que mil palavras. Cate Blanchett, Agnès Varda, Kristen Stewart e Salma Hayek foram alguns dos nomes de destaque entre as 82 atrizes, cineastas, produtoras e outras profissionais da indústria cinematográfica que se reuniram no sábado para defender a "igualdade salarial" na escadaria de Cannes. Estrelas de Hollywood e figuras do cinema independente unidas por uma mesma causa: a luta contra as desigualdades entre homens e mulheres. Uma questão que plana sobre o Festival, o primeiro realizado após o escândalo envolvendo o produtor americano Harvey Weinstein.

- Godard em um telefone -

A arte de nunca estar onde se é esperado. Ausente da exibição de seu filme em Cannes, Jean-Luc Godard ofereceu no sábado uma improvável coletiva de imprensa através de um telefone celular e uma mensagem de vídeo. Os jornalistas tiveram que fazer fila para fazer suas perguntas em frente à tela em que apareceu o diretor, um pouco despenteado, com os óculos caídos e a voz trêmula. "X + 3 = 1, é a chave do cinema", afirmou Godard, mais enigmático do que nunca, aos seus 87 anos.

- Serebrennikov em um cartaz -

Em um festival que joga a carta política no 50º aniversário de Maio de 68, ficará uma imagem: a do nome de Kirill Serebrennikov, na quarta-feira, em um cartaz levantado pelos atores e produtores de seu filme musical, "Leto". Todos usavam um broche com a foto do cineasta, que está em prisão domiciliar na Rússia. Outro cineasta sob vigilância, o dissidente iraniano Jafar Panahi, também não pôde comparecer, no sábado, à exibição de seu filme "Three faces".

- Acrobata em um púlpito -

É uma das revelações desta edição: o belga Victor Polster, de 16 anos, brilha em "Girl" de Lukas Dhont, a história real de uma jovem nascida menino que sonha se tornar uma estrela bailarina. Este aluno do Ballet Real de Antuérpia, que chegou com sua mãe a Cannes, deixou a timidez de lado no sábado e protagonizou um número digno de seu compatriota Jean-Claude Van Damme: um espacate perfeito sobre o púlpito por onde as estrelas desfilam diariamente.

- Uma ave noturna no tapete vermelho -

Habituada à Croisette, a atriz indiana e ex-Miss Mundo Aishwarya Rai encantou os fotógrafos no sábado com um magnífico vestido violeta com uma cauda que cobria as escadas do Palácio dos Festivais e lembrava um pássaro a ponto de levantar voo. Os flashes também se voltaram para o vestido de flores com saia balonê usado por Cate Blanchett na quinta-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade