Publicidade

Estado de Minas

Rússia e países europeus devem defender juntos seus interesses no acordo com o Irã


postado em 14/05/2018 05:48

O chanceler russo, Serguei Lavrov, afirmou nesta segunda-feira que a Rússia e os países europeus devem "defender juntos seus interesses", em referência às possíveis sanções dos Estados Unidos a empresas com operações no Irã após a saída de Washington do acordo nuclear.

Lavrov recebeu em Moscou o chefe da diplomacia iraniana, Mohamad Zarif, que viaja por vários países para tentar obter "garantias de que os interesses de Teerã serão defendidos" pelos signatários do acordo nuclear, afirmou, segundo as agências russas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade