Publicidade

Estado de Minas

Autor de ataque com faca em Paris gritou 'Allahu Akbar'


postado em 12/05/2018 19:54

O homem que matou uma pessoa e feriu outras quatro com uma faca em pleno centro de Paris neste sábado à noite antes de ser abatido gritou "Allahu Akbar" (Deus é Grande), anunciou o promotor de Paris, que confiou a investigação à seção antiterrorista da promotoria.

"Com base em testemunhos segundo os quais o agressor teria gritado 'Allahu Akbar' ao atacar pedestres com uma faca, e no modo de operação, confiamos a investigação à seção antiterrorista da promotoria de Paris", declarou François Molins ante a imprensa.

A promotoria abriu a investigação por "assassinato" e "tentativa de assassinato" em "relação com uma empresa terrorista", acrescentou o promotor, que foi imediatamente ao lugar dos acontecimentos.

O ataque ocorreu no II arrondissement da capital francesa, perto da Ópera Garnier, uma zona central cheia de bares, restaurantes e teatros, muito movimentada nas noites de sábado.

Pouco antes das 21H00, o homem esfaqueou cinco pessoas, entre elas um pedestre que morreu. A polícia interveio imediatamente e matou o agressor.

A França pagou "de novo o preço do sangue", reagiu o presidente Emmanuel Macron, assegurando que o país não cederá "nem um pouco ante os inimigos da liberdade".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade