Publicidade

Estado de Minas

Pyongyang diz estar 'tomando medidas' para desmantelar instalações nucleares


postado em 12/05/2018 12:12

A Coreia do Norte está tomando "medidas técnicas" para desmantelar sua planta de testes nucleares e convidará a imprensa estrangeira entre 23 e 25 de maio para uma cerimônia para lançar o processo - informou a agência estatal de notícias KCNA neste sábado (12).

"Está prevista uma cerimônia para desmantelar a planta de testes nucleares entre 23 e 25 de maio, em função das condições meteorológicas", disse a agência, citando um comunicado do Ministério norte-coreano das Relações Exteriores.

Durante a cúpula histórica entre o Norte e o Sul, em 27 de abril, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, propôs fechar em maio as únicas instalações de testes nucleares conhecidas no país - as de Punggye-ri, próximas à fronteira com a China.

Estas instalações subterrâneas foram o lugar onde o regime de Pyongyang realizou seis testes nucleares, o último, em setembro do ano passado.

A zona, cercada por uma região montanhosa, está dentro de uma montanha de granito de 2.000 metros de altura em Hamqyong do Norte.

Sua existência foi revelada em outubro de 2006 com o primeiro teste nuclear norte-coreano, quando o país ainda era comandado por Kim Jong-il, pai do atual líder. Desde então, a área é vigiada por satélites.

Alguns especialistas acreditam que a manutenção da área serve apenas para dar uma boa imagem ao país e que, na realidade, a zona já não pode abrigar novos testes, porque está muito degradada.

Segundo sismólogos chineses citados em abril pela Universidade de Ciência e Tecnologia da China, o último ensaio provocou a ruptura de rochas dentro da montanha.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade