Publicidade

Estado de Minas

Fisioterapeuta da seleção venezuelana é assassinado


postado em 11/04/2018 19:18

O fisioterapeuta da seleção de futebol da Venezuela, Jesús Guacarán, foi assassinado nesta quarta-feira por homens armados na cidade de Barquisimeto, em mais um episódio de violência no país.

"Com profunda dor lamentamos o terrível assassinato do nosso amigo Jesús Guacarán", assinalou no Twitter o clube Deportivo Lara, no qual a vítima foi preparador físico entre 2012 e 2013.

Segundo testemunhas citadas pelo jornal El Impulso, dois homens em uma motocicleta abordaram Guacarán, 30 anos, quando ela caminhava para uma farmácia e atiraram contra seu rosto, sem dizer nada.

Os agressores não roubaram qualquer objeto de Guacarán, que integrou o grupo da seleção sub-20 vice-campeã mundial em 2017.

"Não há como expressar a imensa tristeza que me invade, partiu um ser humano único. A família 'vinho tinto' (seleção venezuelana) o recordará para sempre", escreveu o técnico da Venezuela, Rafael Dudamel, no Twitter.

A Venezuela é considerada um dos países mais inseguros do planeta, com uma taxa de 89 homicídios por cada 100 mil habitantes em 2017, o que equivale a catorze vezes a média mundial, segundo a ONG Observatório Venezuelano da Violência.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade