Publicidade

Estado de Minas

Petróleo fecha em seu melhor preço desde 2014 por tensões geopolíticas


postado em 11/04/2018 18:30

Os preços do petróleo subiram, nesta quarta-feira (11), a seu nível mais alto desde dezembro de 2014, impulsados pelo aumento da tensão geopolítica no Oriente Médio, entre ameaças de ataques americanos na Síria e um lançamento de míssil contra a Arábia Saudita.

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte para entrega em junho avançou 1,02 dólar no Intercontinental Exchange (ICE), terminando em 72,06 dólares.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em maio ganhou 1,31 dólar, a 66,82 dólares.

Os preços dispararam após o anúncio do lançamento de mísseis sobre Riade, a capital da Arábia Saudita.

"Esses ataques aumentam um pouco o risco geopolítico nesta região onde a situação começa a ficar mais tensa", destacou Robert Yawger, da Mizuho Securities.

"O temor dos mercados é que a oferta de petróleo seja perturbada", destacou Fawad Razaqzada, da Forex.com.

Analistas também consideram um abalo das exportações iranianas.

"O risco geopolítico sustenta os perços, e seguiremos com atenção a decisão de 12 de maio, quando presidente Trump poderia potencialmente retirar o apoio dos Estados Unidos do acordo sobre o programa nuclear iraniano", lembrou Joel Hancock, analistas da Natixis.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade