Publicidade

Estado de Minas

Precisamos interromper financiamento ao terrorismo, diz Trump


postado em 11/04/2018 00:30

Washington, 10 - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deu boas vindas ao emir do Catar, o xeque Tamim Bin Hamad Al Thani, na Casa Branca nesta terça-feira. No Salão Oval, Trump afirmou que os dois discutirão formas para encerrar o financiamento ao terrorismo, enquanto o emir catariano comentou que "não podemos tolerar o sofrimento dos sírios", em meio a um suposto ataque químico na Síria.

Os líderes estão preparados para realizar uma reunião e um almoço de trabalho que se concentraria em fortalecer os laços entre as duas nações, incluindo questões de segurança e econômicas.

Os aliados dos EUA no Golfo Pérsico, no entanto, estão rivalizando com o Catar. Quando a disputa começou, há dez meses, Trump se aliou ao grupo formado por Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito e Bahrein. Os quatro países acusaram o Catar de espalhar o extremismo, fomentar a agitação regional e permitir o fluxo de fundos para grupos terroristas. O Catar nega essas acusações. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade