Publicidade

Estado de Minas

Zuckerberg fica constrangido ao revelar informações pessoais


postado em 10/04/2018 23:12

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, não ficou à vontade sobre responder onde havia dormido na noite anterior, ao ser questionado pelo senador Dick Durbin, que pretendia destacar os problemas de exposição contidos nas redes sociais.

"Você se sentiria cômodo em compartilhar conosco o nome do hotel onde se hospedou na noite passada?" - perguntou o senador Durbin durante a audiência no Senado americano sobre o papel do Facebook na distribuição de informação pessoal dos usuários da rede social.

Zuckerber fez uma pausa de oito segundos, sorriu sem graça e apenas murmurou: "Um, uh, não".

"E as mensagens que você enviou esta semana: compartilharia conosco o nome de seus interlocutores?" - insistiu o senador democrata de Illinois, deixando novamente o fundador do Facebook sem resposta.

A tática de Durbin colocou o dedo na ferida da questão do acesso às informações pessoais contidas nas redes sociais, em meio ao escândalo do uso de dados do Facebook para campanhas políticas em alguns países, inclusive os Estados Unidos.

"Acredito que é disto que estamos tratando, do seu direito à privacidade, dos limites do seu direito à privacidade...", alfinetou Durbin, 40 anos mais velho que Zuckerberg, 33.

Zuckerberg assumiu a responsabilidade pelo vazamento de dados de usuários do Facebook e prometeu que a empresa trabalhará mais para proteger esta informação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade