Publicidade

Estado de Minas

Seis mortos em queda de avião em campo de golfe perto do PGA Tour nos EUA


postado em 10/04/2018 12:36

O local da queda de um avião em um campo de golfe adjacente a outro do PGA Tour nos Estados Unidos, que matou seis pessoas, começou a ser investigado nesta terça-feira, indicaram as autoridades.

A polícia e um funcionário da loja de golfe TPC Scottsdale confirmaram à AFP que o avião caiu na segunda-feira à noite no Champions Course, e não no vizinho Stadium Course, que em fevereiro sediou o Phoenix Open vencido por Gary Woodland.

"Nenhum dos seis passageiros a bordo do avião sobreviveu", informa um comunicado da polícia.

"Os agentes enviados localizaram o local do acidente no Champions Course, localizado ao norte do aeroporto de Scottsdale", aponta o comunicado, acrescentando que o avião por volta das 20h45 (00h45 de terça-feira no horário de Brasília).

A polícia não identificou as vítimas.

A Federal Aviation Administration (FAA) identificou o avião como um Piper PA-24 monomotor que "caiu fora da propriedade do aeroporto em um campo de golfe e pegou fogo depois de decolar da pista 3 segunda à noite".

A FAA, que investiga o acidente com o Conselho Nacional de Segurança dos Transportes, disse em um comunicado que não houve relatos de feridos no local.

O porta-voz do conselho, Eric Weiss, indicou à AFP que a investigação levaria de três a cinco dias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade